27 de outubro de 2009

Quando te ouvi...

Máxima que a natureza manda, rege e harmoniza. O que dela advém é sempre para receber e agradecer. Tudo o que me fez chorar é o que me faz crescer, rego de essência o caminho que consciente me tracei. Nos sonhos sonhados não caminhei sozinha. Neles partilha e confiança, amizade e dedicação, tolerância. Acredito que a metade de mim existe. Sem perceber senti que um olhar é luz que me indica o caminho. Evoluir como Ser do querer que me completa. Assim sinto e não desisto dos sonhos que me prometi. Estrela do universo que brilha dentro de mim. Sinto, apenas sinto o mundo dentro de mim. As tuas mãos afagam o meu sentir, no teu corpo repouso mesmo distante. Molhei os lábios de sal e abri o coração por inteiro na paz que me invade. Sinto a liberdade por na vontade imensa de partilha ser livre e sonhar. A vida traçou na natureza a harmonia de vontade e querer. Quando te ouvi... acreditei que existe a metade de mim. Saibamos nós olhar com o coração e nele repousar. Simplesmente SONHO-TE POR INTEIRO

9 de Maio de 2009

Sem comentários:

Enviar um comentário