27 de outubro de 2009

Para ti

O nosso coração fala e silencia.
No diálogo audivel ou interior...

Vivo na certeza que em dobro receberei
Todo o amor incondicional que te dei ...
Todos os sorrisos que nascem em ti...!

O olhar que me expressa...
Em vezes salgados do nada.

Por Ti, estou aqui Viva, confiante.
No amor e na partilha que toco...
Onde os nossos corpos se unem!

O sorriso que contagia no abraço,
Envolto de um amor que cresceu.
Nos dias que o Sol brilha eu brilho,

Nos cinzentos a tua presença ilumina
Todo o amor que nos une e eternece.

As mãos que me tocam e confortam
Desejos percorridos pela silhueta..,
Sonho por tudo o que não tive.

Vivo por tudo o que me dás ...
E caminho contigo lado-a-lado

Com a esperança que um dia sonhei,
Irei contigo onde nunca me imaginei.
Meu querido o beijo mais sentido.

No conforto o abraço merecido,
Vem sem medo e sonha comigo!

13 de Março de 2009

1 comentário:

  1. poema muito lindo,sempre na mira da harmonia,para além do explícito.IC

    ResponderEliminar